Tem pai, tem mãe, tem irmão que são cegos!

Essa é boa mesmo. Uma amiga estava contando de um namoro da época da adolescência.

Estavam no colegial ainda, entre 17 e 18 anos. Ele era o filho caçula. Tinha mais dois irmãos e uma irmã.

A irmã, de uns 23 anos, estava na faculdade e já namorava um rapaz há uns quatro anos. E a mãe sempre dizia: “Filha, não libere o cofrinho, porque senão não casa!”

A minha amiga, com seus 18 aninhos, e namorando o menino só há uns dois meses, já tocava o terror. E pensava: “Essa nega viaja pra todo e qualquer lugar com o namorado é virgem. Puxa, sou uma vagabunda mesmo!”

Um dia, essa minha amiga e o namoradinho pegaram o carro da irmã dele para dar um rolê. Sem querer, ela abriu o porta-luvas do carro da cunhada. E não é que despencou uma dezena de sabonetinhos, shampuzinhos, pentinhos… Sim, daqueles que se encontram só em motéis.

A garota olhou para o namorado com olhar de “a sua irmã é uma vigarista, tá dando um monte”.

O rapaz, com a cara mais passada do mundo respondeu: “Isso deve ser brinde de bar e restaurante.”

Kkkkkk

Deixe um comentário

Ainda sem comentários.

Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s