Donna adora: transar de 4

Pelos e-mails e mensagens que recebo, percebi que a maioria dos homens sofre para descobrir quais são as posições sexuais preferidas da mulherada.

Por que, afinal, dificultar as coisas pra eles, hein?

Foi assim que surgiu a ideia da série “Donna adora”, que começa agorinha, com este post.

Vou destrinchar posição por posição sexual, dizendo as razões que fazem com que nós, mulheres, tenhamos um apreço especial por esta ou aquela posição. 

E as posições que não gostamos tanto assim?

Essas não vão ficar de fora do blog não!

Elas vão fazer parte da série “Donna rejeita”.

Vamos então ao que interessa?

Vou começar a série com a posição “de 4”, também conhecida como cachorrinho. 

Confesso: essa é uma das minhas favoritas.

Por quê?

Simples. Porque perco totalmente o controle do que está acontecendo.

Sinto-me vulnerável, indefesa, entregue.

Posso ser dominada, subjugada, totalmente controlada.

Para mulheres como eu – controladoras, mandonas e que sempre estão com as rédeas das situações – passar por uma experiência como essa é muuuito afrodisíaco.

 A pitada extra de excitação vem do “elemento surpresa” que a posição “de 4” traz consigo.

Como assim?!?

Oras, bolas!

Quando você está lá, prontinha para o cara, você nunca sabe onde ele vai realmente se enfiar, se é que você me entende…

Essa perspectiva do “vai-não-vai”, “pode-não-pode”, quero-não-quero” também é extremamente excitante.

Não bastasse isso tudo, ainda dá pra fazer o lance ficar ainda melhor.

Quer ver?

DICA EXPLOSIVA 

À medida que a moça estiver ficando mais e mais excitada, ao invés de deixá-la apoiada nas mãos, peça para que ela se apoie sobre os cotovelos, projetando  o quadril ainda mais para cima de você.

E você, meu caro, vai ficar ainda próximo do  ponto G da gata.

O grau de excitação da moça vai aumentar ainda mais.

Mas não é tudo!

Quando você perceber que ela está para gozar, empurre-a para baixo, para que se deite por completo.   

Deixe-a com as pernas levemente unidas. Naturalmente ela vai arrebitarum pouquinho o quadril, para facilitar a penetração.

Não pare de meter, por favor!

Nessa posição, o clitóris da moça – que a essa altura já deve estar extremamente sensível – vai ser bem estimulado, seja pelas coxas unidas, seja pelo atrito com o lençol.

Não vai demorar nadinha para ela ter um dos orgasmos mais poderosos que o corpo feminino pode proporcionar a uma mulher.

É garantido.

LEIA TAMBÉM:

Foda burocrática mata 

Clone de pica: molde a sua 

Virgem de cu 

1 Comentário

  1. Boa dicas mas no meu caso as preliminares Sao importante pois nao consigo me controlar ao ver aquilo tudo na frente …tenho de parar ….iniciar…ate ver q esta no ponto


Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s