Mexe, mexe, mexe…

Esses dias recebi um e-mail de um leitor que, resumidamente, dizia:

“No fim, não gostei da transa. A mina não deixava eu meter direito, ficava se mexendo, querendo ajudar no vaivém. Quem tem que meter é o cara, porra.”

Oi?!?

Primeiro fiquei revoltada.  

“Quem tem que meter é o cara, porra.” Como assim?!?

De onde veio esse leitor? Da Idade da Pedra?!?

Ele está acostumado a trepar com o quê? Boneca inflável?!?

Depois fiquei preocupada.

Afinal, estou longe de ser uma pessoa passiva em qualquer que seja a transa.

Tentei tirar aquilo da cabeça, me apeguei a todas as minhas certezas,  mas não adiantou.

Bateu a insegurança em mim. Filho da puta desse leitor! Ele conseguiu colocar uma pulga atrás da minha orelha.

Mas não entrego os pontos sem antes ter certeza dessa parada”, pensei.

Por isso corri para checar a opinião de outros fiéis leitores.

Ouvi o Pimpão, o Caipira, o Turco, o Pole Dancer, o Terror da Night e o Bengala 43(cm!) e adivinha o que descobri?

T-O-D-O-S curtem as moças que participam mais ativamente da transa.

Podem respirar aliviadas, meninas!

Mas nada de sair por aí mexendo os quadris como loucas.

Com essa pesquisa descobri que os moços gostam de uma ‘forcinha’, mas pra tudo tem limite ou uma exceção.

“Se os dois se mexerem em determinadas posições, não rola, porque os dois perdem o contato”, disse-me um.

“Se o pau do cara não for dos maiores, pode escapar dependendo da velocidade da foda”, comentou o outro.

É, meninas, mexam-se, mas com moderação.

LEIA TAMBÉM:

Gostinho da porra 

Goze com o pau do gordinho

Se é pra chupar, que seja o pau 

1 Comentário

  1. Eu entendo o que o leitor do e-mail disse. Não concordo que o homem seja quem tem que meter. Mas o que ele relata já aconteceu comigo duas vezes: tô lá no papai-e-mamãe, metendo. Legal. Eis que a mina começa a se movimentar também.

    Se o movimento dela viesse de encontro ao meu (isto é, contra o meu corpo), ÓTIMO! Porque meu pau entraria com mais força e aí xuxu beleza. Mas não! A anta começa a se movimentar de maneira que seu movimento coincide com o meu, anulando a penetração.

    Aí ficam os dois idiotas se mexendo, movimentando só o corpo, mas com o pau parado lá dentro.

    E aí? rsrs

    Não dá! Literalmente! rsrs


Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s