Fodia de noite e de dia…

Há sempre um lado que pesa e um outro lado que flutua.

Tua pele é crua.

Dificilmente se arranca lembrança, lembrança, lembrança, lembrança…

Por isso da primeira vez dói, por isso não se esqueça: dói.

E ter que acreditar num caso sério e na melancolia que dizia.

Mas naquela noite que eu chamei você fodia, fodia.

Mas naquela noite que eu chamei você fodia de noite e de dia.

LEIA TAMBÉM:

Gozo sem fim…

Pica de mel

Incansável

Deixe um comentário

Ainda sem comentários.

Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s