O risco de sair do prumo

Não é uma delícia quando você conhece alguém e saca logo de cara que ali tem jogo?

Tem algo mais excitante do que perceber que aquele tesão louco que você esta sentindo é igualmente correspondido?

E a sensação deliciosa que toma conta do seu corpo quando vocês apenas se esbarram?

É disso mesmo que eu estou falando, de pessoas que nos tiram do prumo ao apenas relar na gente.

O que fazer?

Respirar. Respirar. Respirar.

E pensar muuuuuuito se vale a pena partir para os beijos, porque fatalmente vai acabar no rala-e-rola.

– Que isso, Donna, deu pra ser moralista agora? Nao estou entendendo…

-Longe de mim ser moralista, honey! Sou eh realista.

Entenda:

Se já rola essa química toda, é um caso irreversível.

Se você não estiver bem certa(o) de que quer gastar um bom tempo da sua vida ao lado dessa pessoa, é melhor parar por aí.

Criaturas que mexem com a gente desse jeito não são do tipo que você vai conseguir se livrar facilmente se perceber que ele é um sanguessuga, uma mal comida ou um serial killer.

Quando você menos perceber, já estará totalmente na da pessoa.

Agora se você desconfiar que – além da química -, vocês têm mais coisas em comum, entre de cabeça na história e seja feliz.

Aliás, garanto que você será feliz como nuuuuuunca….

LEIA TAMBÉM:

Sexo: qual a frequência normal?

Pensamento do dia: a neca e a xana

Cuidado com os extensores de pau

Deixe um comentário

Ainda sem comentários.

Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s