Conto Erótico: Rude Prazer

Estava tão distraída que nem percebeu que já estava passando pelo local de trabalho do seu objeto de desejo quando foi puxada.

Ao se dar por si, já estava do lado de dentro da obra, com uma mão calejada tampando-lhe a boca.

Em uma fração de segundos, tentou se desvencilhar.

Mas ao sentir a respiração ofegante perto de sua orelha, aquele peitoral másculo contra suas costas e o volume nas calças de seu raptor, um arrepio delicioso rapidamente percorreu todo o seu corpo.

Ainda de costas e com o corpo grudado ao dele, ela pode sentir um arrepio percorrer todo o seu corpo quando ele enfiou sua mão áspera por dentro de sua blusa.

Rapidamente começou a acariciar os seios dela. Aquela pele grossa roçando contra áreas tão delicadas de seu corpo a deixava ainda mais maluca de tanta excitação.

Com a respiração ofegante e os olhos virando de prazer, ela soltou um urro de tesão quando de ímpeto ele…

Leia a íntegra do conto

LEIA TAMBÉM:

Saltinho no peito ou pau mole na mão?

Pra botar fogo na cama e na relação

Depenando o fiofó

Deixe um comentário

Ainda sem comentários.

Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s