Se não tem pau, usa o câmbio!

Confesso que achei essa história bizarra. Entretanto, menos do que tantas outras que ouvi nos últimos dias e que são realmente impublicáveis.

Depois de beber muito e já turbinada pelo álcool, a moça se atracou com um carinha, que parecia bem interessante. Foram pro carro.

O amasso rolava gostoso e a pegação só ia esquentando. Já bem animadinha, a menina botou a mão no pau do cara.

Ela apalpava, apalpava e apalpava. Estranho, não sentia nada!

Sem se dar por vencida, continuava tentando. E NADA! Após um tempo nessa, o rapaz, meio que constrangido, disse:

– Sabe o que é, quase não tenho pinto. É muito pequeno. Mas tá tão gostoso ficar com você. Não vai embora. Vamos fazer assim, você senta no câmbio e continua me beijando.

A garota, depois de checar a situção do moço, viu que não tinha outro jeito mesmo. Ou parava a história ou metia com o câmbio.

Ela sentou no câmbio…

Ora, uma cara desses, quase que desprovido de pau, deveria andar com um consolo! Ao menos deve ser bem mais confortável e anatômico do que o câmbio.

LEIA TAMBÉM:

Paus que frustram

Paus que frustram 2

A complexidade dos paus

2 comentários

  1. Morri de rir! Essa história é mto boa!

  2. haha.. sensacional


Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s