Quando levar pra cama?

Não há uma fórmula. Se você já conhece o carinha e os amigos dele, fica mais fácil tomar uma decisão. Na conversa com o bonitinho, no cheiro dele, já dá pra sentir se há uma afinidade. Se for alguém que você achou o máximo, dá pra arriscar.

Mas é bom estar sempre preparada, porque o inesperado acontece, mesmo que seja uma pessoa que você conhece há anos. E, se chegando em casa ele não tiver pegada, não rolar química?

Bom, a situação é embaraçosa, porque você conhece o mocinho, mesmo que indiretamente, e, com certeza, vai encontrá-lo em festinhas ou baladinhas de amigos em comum.

Mas fazer o quê!? Diz que tá muito cansada, que já bebeu demais e bota ele pra dormir no sofá. Ele vai entender. Ao menos deveria. Agora, se bater um transe, aproveite cada minuto!

E quando é alguém que você acabou de conhecer na balada!? Daí é um pouco mais complicado. Tem de ter certeza que realmente gostou dele, de que está rolando uma coisa muito gostosa, que vale a pena. E isso tudo na balada.

Por isso, abra as antenas. Os conselhos de amigas são: se o beijo for mais ou menos, desista. Ou seja, o beijo tem que ser fenomenal! Se houver um entrosamento, até dá pra ir aos finalmentes!!! Mas se ficar na dúvida, um pouquinho que seja, no máximo troque telefones e tente marcar um segundo encontro.

LEIA TAMBÉM:

A tal da química

Beijo gostoso

Dê pontos para o safado

Deixe um comentário

Ainda sem comentários.

Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s